22.11.19

Trend alert #27


1. 2. 3. 4. and 5. casacos acolchoados.puffer jackets Bershka
photo credits: Style du Monde

Casacos acolchoados
Tenho uma cena com a Christine Centenera, é sem dúvida uma das minhas girl crushes a nível de estilo, mas tenho uma cena com casacos também, já o disse aqui antes. Então se forem oversized e assim quentinhos aiiiiii... difícil de resistir. E se cada vez mais tenho consciência que atravessamos uma fase em que tudo é tendência, em que tudo é permitido, sei também que o conforto é muito mais valorizado hoje em dia do que na década passada, antes da Chanel ousar calçar as modelos com sneakers. Hoje em dia se for quentinho e confortável é quase uma aposta ganha, pelo menos eu compro! E se os puffer jackets não são mais uma coisa nova nas lojas neste momento (sim, todas têm um modelo que seja), os cortes e cores são mais arrojados hoje em dia. Pesquisei numa série de lojas fast fashion e confesso que fiquei maluca com os modelos da Bershka. Os cortes são bonitos, parecem-me todos muito quentinhos e os tecidos reflectores chamaram totalmente à minha atenção, porque se além de prático e quente nos permitir ser vistos na rua, à noite, quando passeamos o nosso patudo, tanto melhor! Segurança acima de tudo!


Puffer jackets
I have a thing with Christine Centenera, it's undoubtedly one of my style girl crushes, but I have a scene with coats too, I've said it here before. So if they are oversized and so hot ohhhhhhhhhhh... hard to resist. And if I'm increasingly aware that we are going through a phase that all the trends are permited, I also know that comfort is much more valued today than in the past decade, before Chanel dared to slip their models with sneaker on the runway. Nowadays if it's warm and comfortable it's almost a win bet, at least I buy it! And if puffer jackets are no longer a new thing in stores right now (yes, all the stores have a model at least), the cuts and colors are bolder these days. I researched a number of fast fashion stores and I confess that I went crazy with Bershka models. The cuts are beautiful, they all seem to me very warm and the reflective fabrics caught my attention completely, because besides of being practical and warm if it allow us to be seen on the street at night, when we walk our bigeye, so much  better! Safety above all!

18.11.19

Not so basic



Já não partilho aqui looks meus há bastante tempo, mas tinha de partilhar este. Sei que estas peças não são assim tão básicas quanto isso, e sei que juntá-las não seria de todo uma escolha óbvia, mas decidi combina-las para o último dia de Portugal Fashion no Porto, porque se há ocasiões em que podemos arriscar com combinações improváveis os eventos de moda são sem dúvida uma delas. Tinha estas calças guardadas à espera da altura certa para as usar. Comprei-as já há alguns meses em saldos, na Mango outlet, porque adorei o styling da modelo que as vestia. Além delas tinha um blusão de ganga que eu acabei por comprar também (este), e umas sandálias douradas, semelhantes a umas que já tinha! Olhei para aquelas fotos e gostei tanto que quis ter igual!! Não sei se são como eu, mas tenho guardadas algumas fotos de looks de lojas das quais adorei o styling, e às vezes, quando não sei o que vestir, vou lá inspirar-me. Desta vez não foi diferente. Usei as calças com uma camisa branca e as sandálias de tiras pretas, uma vez mais resultado da inspiração em outro look de uma loja que agora não me recordo, et voilá! Estou pronta!!!

I haven't shared my looks here for a long time, but I had to share this one. I know these pieces are not so basic, and I know that putting them together would not be an obvious choice at all, but I decided to combine them for the last day of Portugal Fashion in Porto, because if there are times when we can risk with unlikely combinations, fashion events are undoubtedly one of them. I had these pants stored waiting for the right time to wear them. I bought them a few months ago on sale at Mango outlet, because I loved the styling of the model who wore them. In addition there was a denim jacket that I ended up buying too (this one), and some golden sandals, similar to the ones I already had! I looked at those photos and enjoyed it so much that I wanted to have the same look!! I don't know if you are like me, but I have some pictures of looks from fast fashion stores that I loved the styling, and sometimes, when I don't know what to wear, I will be inspired. This time was not different. I wore the pants with a white shirt and black strappy sandals, once again inspired by another store look that I don't remember now, et voilá! I'm ready!!!









camisa.shirt Zara | calças.pants Mango | sandálias.sandals Kendall + Kylie | anéis.rings Pandora | mala.bag Michael Kors | óculos de sol.sunglasses Gucci by Ergovisão

6.11.19

Jo's Co #25



Novembro a começar, e se habitualmente as publicações do Jo’s Co ficam guardadas para o fim do mês, desta vez vai ser diferente! Se seguem estas partilhas com atenção vão reconhecer a Margarida, que já vos foi apresentada aqui em 2018. Já nos conhecíamos das redes sociais, por causa do blog, e acabamos por nos encontrar pela primeira vez para assistir a um desfile do Diogo Miranda. Na altura conheci também a Rita, a prima da Margarida, e disse-lhe logo que haveria de a fotografar um dia. Desta vez voltamos a encontrar-nos, uma vez mais no Portugal Fashion, e eu não podia deixar escapar a oportunidade. Em breve conto-vos melhor o motivo que as trouxe do Alentejo até às margens do Douro, mas agora quero só que apreciem estes dois looks brutais. A Margarida e a Rita são donas de um estilo trendy, chamativo e cheio de personalidade. Costumo dizer que na moda é preciso saber segurar certas peças, e há pessoas que seguram bem qualquer trapo que coloquem no corpo. Elas são exemplo disso e eu gosto mesmo desta vibe. Não sei se me atreveria a usar um cycling shorts assim mas adoro vê-las com eles! Que pinta!!! Já lhes disse que deviam criar um blog, não acham?

November is beginning, and if Jo's Co's posts are usually saved for the end of the month, this time will be different! If you follow these shares carefully you will recognize Margarida, who was introduced to you here in 2018. We already knew each other from social networks, because of the blog, and ended up meeting for the first time to watch a Diogo Miranda’s show. At the time I also met Rita, Margarida's cousin, and told her right away that I would have to photograph her one day. This time we met again at Portugal Fashion, and I couldn't miss the opportunity. Soon I will tell you better what brought them from the Alentejo to the banks of the Douro, but now I just want you to enjoy these two brutal looks. Margarida and Rita are the owners of a trendy, flashy and full of personality style. I often say that in fashion you have to know how to hold certain pieces, and there are people who hold tightly any rags they put on the body. They are an example of that and I really like this vibe. I don't know if I would dare to wear cycling shorts like that but I love to see them with them! So so cool!!! I think they should create a blog, don't you think?



MARGARIDA sweatshirt ASOS | calções.shorts Goi | mala.bag RIMA | sandálias.sandals Tony Bianco
RITA blusa.blouse Diogo Miranda | casaco.jacket Zara | calções.shorts Loja local.Local store | mala.bag RIMA | botas.boots Friendly Fire

10.10.19

Beginnings



Setembro é o mês dos recomeços. Há quem o diga e repita todos os anos, eu cá nunca achei que isso fizesse muito sentido, para mim o mês dos recomeços sempre foi Janeiro, acho que há coisas que devem seguir a sua ordem, logo que o recomeço seja no mês um do ano e não no mês nove, mas isto sou eu e a minha mania de querer tudo direito. A verdade é que este ano o mês nove soube mesmo a recomeço. Não tanto pelo regresso ao trabalho depois das férias, mas porque me mudei finalmente! E se há coisas que sabem a recomeços são todas aquelas que fazemos depois de algo mudar. Pensei que esta mudança fosse acontecer antes, mas há sempre algo a trocar-nos as voltas, e aqui podia começar a falar de como a minha falta de vontade em fazer planos resulta sempre bem, porque planear é definir, e definir é limitar, e por isso é bem mais provável que as coisas saiam daquela linha condutora que ficou definida. Prefiro trabalhar com objectivos, e o caminho até lá logo se vê, logo se vai fazendo… Voltando ao tópico inicial, finalmente o #apdajo está habitado e com ele veio uma reviravolta que estava a adiar há muito. Conseguem adivinhar? Sim, isso mesmo, o meu armário! Sei que tenho peças a mais, algumas que não uso, que já não me servem ou não me identifico mais, e sei também que quero dar-lhe um novo rumo!! É um processo, e ainda não consegui tempo para arrumar tudo como quero, mas lá chegarei. Se são fãs de Marie Kondo, de conceitos como destralhar e organizar, ou têm mesmo uma veia verde (a.k.a. ecológica) a correr dentro de vós, não se esqueçam de me seguir no Instagram - @joandcompany – porque parte do meu armário vai andar por lá para quem o quiser agarrar!

September is the month of new beginnings. There are those who say and repeat this every year, I never thought it made a lot of sense, for me the month of fresh starts has always been January, I think there are things that should follow their order as soon as the fresh start is in the first month of the year and not in the nine month, but this is me and my craze to want everything right. The truth is that this year the month nine really fells like resumption. Not so much for returning to work after vacations, but because I finally moved! And if there are things that fells like beginnings are all things we do after something changes. I thought this change was going to happen before, but there is always something changing around, and here I could start talking about how my unwillingness to make plans always works well, because planning is defining, and defining is limiting, and that is why things are much more likely to get out of that guiding line that has been defined. I prefer to work with goals, and the way there is soon we seen, soon is going… Going back to the initial topic, finally #apdajo is habited and with it came a turnaround that was long postponed. Can you guess? Yes, that's right, my closet! I know I have more pieces, some that I don't use, that no longer fit me or I don't identify anymore, and I also know that I want to give them a new direction!! It's a process, and I still haven't got time to pack it up the way I want, but I'll get there. If you're a fan of Marie Kondo concepts like rustling and organizing, or even have a green vein running through you, don't forget to follow me on Instagram - @joandcompany - because part of my closet will walk by there for those who want to grab it!





vestido.dress Zara | casaco.jacket Mango | sapatilhas.sneakers Nike | anéis.rings Pandora | mochila.backpack Bimba Y Lola | óculos de sol.sunglasses Gucci by Ergovisão

2.9.19

Trend alert #26


1. sandálias.sandals Zara | 2. sandálias.sandals Mango | 3. sandálias.sandals Zara | 4. sandálias.sandals Zara | 5. sandálias.sandals Pull & Bear
photo credits: Style du Monde

Sandálias de tiras finas
Estamos em Setembro, as férias terminaram, pelo menos para mim, mas parece que o verão está a começar. Não me recordo de um Julho/Agosto tão pouco quentes a Norte. Agora que estamos em rentrée, de volta à rotina, o calor está a fazer-se sentir. Tinha esta publicação preparada para partilhar durante as férias, não se proporcionou, mas não me parece de todo descabido falar de sandálias num Setembro com 30 graus!
As sandálias de tiras são um must have em qualquer verão. Já as vimos com duas tiras apenas, uma no tornozelo e outra junto aos dedos (o que para mim se traduz no modelo mais consensual e intemporal), com imensas tiras entrelaçadas no tornozelo, tiras que se cruzam no peito do pé, com tiras em paralelo (as gladeadoras), com tiras até ao joelho, numa vibe mais boho, e tudo isto em versão rasa ou com tacão, enfim... este ano o que se quer é a ilusão de pés quase nus, daí as tiras serem BEM fininhas, mais do que o habitual. Com inspiração nos anos 90 o modelo que a The Row lançou tornou-se viral e replicado pelas fast fashion. Confesso que acho as sandálias extremamente elegantes e chiques. Acho que combinam com imensas peças, desde saias, calças, calções e vestidos, peças mais elegantes ou desportivas, por isso o céu é o limite.
Comprei umas sandálias assim nestes saldos. Encontrei-as na Bershka e fiquei indecisa na cor, verde fluorescente em padrão cobra ou preto liso. Sei que uma coisa não tem nada a ver com a outra, mas fiquei mesmo indecisa no momento, então comprei os dois pares. Fiz até uma votação no insta e a maioria de vós preferiu as pretas. Já o meu namorado e a minha irmã preferiram as verdes, numa de “são diferentes”. Depois em casa a minha mãe, que acha que eu já tenho calçado que chegue (e tem razão), vez-me ver que eu já tenho umas sandálias pretas de tiras, não neste estilo, mas são umas sandálias pretas de tiras. Fiquei com as verdes néon, devolvi as pretas, e estou ansiosa por usa-las com as minhas cargo pants! Esperem para ver!!


Thiny strappy sandals
It's September, the vacations are over, at least for me, but it looks like summer is starting. I don't recall such a mildly hot July/August in the north. Now that we are in rentrée, back to routine, the heat is making itself felt. I had this publication ready to share during the holidays, it didn't occured, but I don't think it all inappropriate to talk about sandals in a September with 30 degrees!
The strappy sandals are a must have in any summer. We have already seen them with only two straps, one at the ankle and the other at the toes (which for me translates into the most consensual and timeless model), with huge straps intertwined at the ankle, straps that cross the instep, with straps in parallel (the gladiator model), with straps until the knee, in a more boho vibe, and all this in shallow or heeled version, anyway... this year what is wanted is the illusion of almost bare feet, hence the strips are WELL thinner than usual. Inspired in the 1990s, the model that The Row launched went viral and replicated by fast fashion. I confess that I find the sandals extremely elegant and chic. I think they match a lot of pieces, from skirts, pants, shorts and dresses, more elegant or sporty pieces, so the sky is the limit.
I bought some sandals like this in these sales. I found them at Bershka and I was indecisive in color, fluorescent green in snake pattern or plain black. I know one thing has nothing to do with the other, but I was really undecided at the moment, so I bought both pairs. I even took a votation box for you to help me choose on my instagram account and most of you preferred black. My boyfriend and sister, however, preferred the greens, arguing "they are different". Then at home, my mother, who thinks I have enough shoes (and she is right), turns to me that I already have black strappy sandals, not in this style, but they are black strappy sandals. I got the neon greens, returned the black ones, and I'm looking forward to wearing them with my cargo pants! Wait and see!!