15.6.21

Lista do mês #9

 

Coffe table books, biquini Frederica, livro génio e ansiedade - como os judeus mudaram o mundi, sweat-shirt sanjo


1. livros.books Zara Home | 2. biquini.bikini Frederica | 3. Génio e Ansiedade - Como os Judeus Mudaram o Mundo 1847-1947.Genius and Anxiety - How the Jews Changed the World Between 1847 and 1947 Wook | 4. sweat Sanjo


Estamos a meio do mês. A Lista do Mês ainda vale? Vale sim, claro, sempre!
Fiz batota desta vez. Não sabia bem o que colocar aqui e em vez dos 5 itens que habitualmente vos recomendo venho apenas com 4. Na verdade o primeiro é um múltiplo, por isso vale na mesma! Contem-me qual o vosso item preferido!

1 - Tenho uma lista enorme de livros que quero ler. Romances e tantas outras coisas variadas. Tenho conseguido controlar o meu impulso e não comprar novos livros enquanto não li todos aqueles que já tenho cá em casa. Mas depois há estes coffe table books, que mais do que para ler, servem para decorar. Eu nem sequer bebo café, nem tenho mesinha de centro na sala, mas não interessa nada. Sei bem onde os colocaria. Qualquer um destes três (CATWALK DIOR, SOMETHING'S OFF e CATWALK CHANEL), que iam lindamente com as cores cá de casa, mas também os outros dois sobre moda que estão disponíveis no site da Zara Home (THE FASHION BOOK e CATWALK YVES SAINT LAURENT). Gente, faço anos no início do próximo mês!!

2 - Estou a precisar de biquinis novos? Não, nada disso, mas o verão está a chegar e com ele os inevitáveis dias de praia, e claro, toda a gente quer estar gira e na moda na praia também. Renovei o meu stock de biquinis no verão passado porque estava mesmo a precisar. Ia comprar um biquini com uma cueca assim, de cinta subida, mas já não tinha na cor que queria. Acabei por desistir da idéia mesmo depois de procurar online e em umas quantas lojas... Mas gosto imenso! Se é a peça que mais favorece o bronze? Não!! Mas resulta tão bem! E em boa verdade, se forem como eu, dificilmente voltarão aos modelos de cinta descida no que a jeans diz respeito, por isso, na verdade, o bronze nem pesa assim tanto na decisão de usar ou não uma cueca maior. Adoro estes modelos lisos e sem prints, e este Caparica Croco da Frederica é tudo o que se quer, só maravilhoso.

3 - Contei-vos num dos últimos posts que sou cheia de questões. E não apenas com temas relacionadas com moda. E se eu tivesse aceite a proposta do professor de música para entrar na orquestra do colégio? E se eu não tivesse escolhido artes no fim do 9º ano? E se eu tivesse concorrido a arquitetura? E se eu não fosse naquele dia àquela discoteca? E se os aviões não tivessem chocado com as torres gémeas? E se todos aqueles judeus não tivessem morrido no holocausto? Creio que essa resposta quase pode ser imaginada ao ler este livro. Vi-o recorrentemente em newsletters e montras de livrarias, e fiquei mesmo curiosa. Génio e Ansiedade – Como os Judeus mudaram o mundo entre 1847 e 1947, é obra do historiador de Norman Lebrecht, lançada em janeiro deste ano, e retrata como algumas figuras judias influenciaram o curso da história e nos ajudaram a chegar ao mundo como o conhecemos hoje. Desde transfusões sanguíneas, a quimioterapia, a automóveis a gasolina, passando ainda pela genética e agricultura, o livro retrata um punhado de homens e mulheres que transformaram o mundo com o seu pensamento rápido e fora da caixa. Personalidades geniais moldadas pela religião e cultura judaicas, mas também pelas pressões do antissemitismo. Em 1847, menos de 0,25% da população era de origem judaica, sendo que nada disso os impediu de deixar a sua marca no mundo. E se todos aqueles judeus não tivessem morrido no holocausto? Seria o mundo assim como o conhecemos hoje?

4 - Não é a primeira vez que falo desta marca aqui no blog numa lista do mês, mas desta vez trago-vos uma das mais recentes novidades. Sabiam que a Sanjo é a primeira marca de sapatilhas portuguesa? Nasceu em São João da Madeira, uma cidade mesmo aqui ao lado e onde tantas vezes vou, em 1933. O nome da marca é quase que como uma abreviatura do nome da cidade que durante anos foi a sua casa. As sapatilhas são totalmente made in Portugal, mas a Sanjo é muito mais que uma marca de calçado, agora temos também disponível roupa. Quem é nortenho sabe bem o jeito que dá uma sweat destas nos fins de tarde de primavera ou verão junto da praia. Adoro esta Sanjo Big Logo e já estou a imaginar um monte de combinações possíveis.



We are in the middle of the month. Is the List of the Month still valid? Yes, of course, always!
I cheated this time. I didn't really know what to put here and instead of the usually 5 items that I recommend to you I only come with 4. In fact, the first one is a multiple one, so it's still worth it! Tell me what is your favorite item!

1 - I have a huge list of books I want to read. Novels and so many other miscellaneous things. I have managed to control my impulse and not buy new books until I read all the ones I already have here at home. But then there are these coffee table books, which more than just read, they serve to decorate. I don't even drink coffee, I don't even have a coffee table in the living room, but it doesn't matter. I know where I would put them. Any of these three (CATWALK DIORSOMETHING'S OFF and CATWALK CHANEL), which went beautifully with the colors of my home, but also the other two about fashion that are available on Zara Home's website (THE FASHION BOOK and CATWALK YVES SAINT LAURENT) . Guys, I have my birthday at the beginning of next month!!

2 - Do I need new bikinis? No, nothing like that, but summer is coming and with it the inevitable beach days, and of course, everyone wants to be cute and fashionable at the beach too. I renewed my bikini stock last summer because I really needed it. I was going to buy a bikini with underwear like that, with a raised waist, but it wasn't available in the color I wanted anymore. I ended up giving up on the idea even after looking online and in a few stores... But I really like it! If it's the piece that most favors suntan? No!! But it works so well! And in truth, if you're like me, you'll hardly go back to low-belt models as far as jeans are concerned, so, in fact, high suntan doesn't even weigh that much when deciding whether or not to wear bigger underwear. I love these smooth, print-free models, and this Caparica Croco by Frederica is everything I want, just wonderful.

3 - I told you in one of the last posts that I'm full of questions. And not just with fashion-related themes. What if I had accepted the music teacher's proposal to join the school's orchestra? What if I hadn't chosen arts at the end of 9th grade? What if I had applied for architecture? What if I didn't go to that disco that day? What if the planes hadn't crashed into the twin towers? What if all those Jews hadn't died in the holocaust? I think that answer can almost be imagined when reading this book. I saw him recurrently in newsletters and bookstore windows, and I was really curious. Genius and Anxiety - How the Jews Changed the World Between 1847 and 1947, is the work of the historian Norman Lebrecht, lauched in January this year, speaks about how some Jewish figures influence the course of history and helping us reach the world as we know it today. From blood transfusions, chemotherapy, to gasoline cars, genetics and agriculture, the book portrays a handful of men and women who transform the world with their quick thinking and out of the box. Genius personalities shaped by Jewish religion and culture, but also by the pressures of anti-Semitism. In 1847, less than 0.25% of the population was of Jewish origin, none of which stopped them from making their mark on the world. What if all those Jews hadn't died in the holocaust? Is the world as we know it today?

4 - It's not the first time I talk about this brand here on the blog in a list of the month, but this time I bring you one of the latest news. Did you know that Sanjo is the first Portuguese sneaker brand? He was born in São João da Madeira, a city right next door and where I go so often, in 1933. The brand name is almost like an abbreviation of the name of the city that for years was his home. The sneakers are totally made in Portugal, but Sanjo is much more than a shoe brand, now we also have clothes available. Those who are from the north know how convinient is to have a sweat like this in the late afternoons of spring or summer by the beach. I love this Sanjo Big Logo in green and I'm already imagining a lot of possible combinations.

25.5.21

Ando a ler #2


Factfulness livro


Factfulness - Dez razões pelas quais estamos errados acerca do mundo – e porque as coisas estão melhor do que pensamos Hans Rosling, Anna Rosling Rönnlund e Ola Rosling


Acabei de ler há umas semanas este livro e amei. Já o tinha na minha lista de livros a ler há muito tempo e felizmente a minha irmã ofereceu-mo no meu último aniversário e eu fiquei mesmo contente. O livro é verdadeiramente entusiasmante e enriquecedor. Dá-nos uma visão real do mundo, baseada em factos, sendo que essa realidade está muitas vezes bem distante daquela que imaginamos. A parte boa é que o mundo é significativamente melhor do que aquilo que pensamos. E como é que sei? Porque respondi eu mesma ao questionário que surge nas primeiras páginas do livro, e meus amigos, se aquilo fosse mesmo um teste eu estava completamente reprovada, e olhem que, tendo eu já lido algumas reviews sobre este livro antes de o ler e sabendo que o cenário global é bem melhor do que pensamos, respondi de forma bem otimista… ainda assim não chegou para conseguir acertar nem metade das questões. Fiz as mesmas a algumas pessoas próximas e confirma-se. Estamos todos bem enganadinhos. Questões como o acesso das populações a eletricidade, educação, serviços de saúde e até ecologia. Todas estas questões com três respostas, sendo apenas uma delas a certa. Mas não era só eu que tinha uma visão distorcida das coisas. Se vos disser que a maioria dos inquiridos, que foram milhares, todos eles de países desenvolvidos e com acesso a informação, erraram nestas questões e se posicionaram maioritariamente abaixo das respostas dadas (aleatoriamente) por um grupo de chimpanzés, talvez assim entendam que realmente temos uma visão bem adulterada do planeta que habitamos.
Ao longo do livro os autores, Hans Rosling, médico de formação e professor de saúde internacional, Anna Rosling Rönnlund e Ola Rosling, suas colaboradoras, dissecam as dez razões que nos levam a pensar no mundo como um lugar pouco justo, pouco evoluído, desigual e consequentemente cada vez pior. São dez os instintos que desvirtuam a nossa perspetiva, mas que são facilmente disseminados quando olhamos para os diversos temas com base em dados reais, em factos. Achei por isso o livro bem interessante acho mesmo que deviam lê-lo, de modo a conseguirmos todos alinhar aquilo que é a nossa perceção com a realidade, sendo que isso nos permitirá sempre tomar decisões e escolhas mais acertadas.

I just read this book a few weeks ago and loved it. I had it on my list of books to read for a long time and luckily my sister offered it to me on my last birthday and I was really happy. The book is exciting and enriching. It gives us a real view of the world, based on facts, and this reality is often far removed from what we imagine. The good part is that the world is better than what we think. And how do I know? Because I answered the questionnaire that appears on the first pages of the book, and my dear friends, if that were really a test, I was completely disapproved, and look, having already read some reviews about this book before reading it and knowing that the the global scenario is much better than we thought, I replied in a very optimistic way… even so, it was not enough to get even half the questions right. I did the same to some people close to me and it is confirmed. We are all very mistaken. Issues such as access by sources to electricity, education, health services and even ecology. All of these questions have three answers, one of which is the right one. But it wasn't just me who had a distorted view of things. If I tell you that the majority of respondents, who were thousands, all of them from developed countries and with access to information, erred in these questions and positioned themselves below the answers given (randomly) by a group of chimpanzees, perhaps you will understand that we all really have a very adulterated view of the planet we inhabit.
Throughout the book, the authors, Hans Rosling, a medical doctor and professor of international health, Anna Rosling Rönnlund and Ola Rosling, their collaborators, dissected the ten reasons that lead us to think of the world as an unfair, little evolved, unequal place and consequently worse and worse. There are ten instincts that distort our perspective, but they are easily disseminated when we look at the different themes based on real data, on facts. That is why I found the book very interesting, I really think you should read it, so that we can all align what our perception is with reality, and this will always allow us to make better decisions and choices.

9.5.21

Lista do mês #8

 

Lista do mês


1. óculos de sol.sunglasses Ray-Ban | 2. lenço.scarf Bimba Y Lola | 3. brincos.earrings Mango | 4. perfume.parfum Yves Saint Laurent | 5. sapatos.shoes Uterqüe


Here we go again! Temos lista do mês, e que estou a babar por tudo. Agora que volstamos a poder sair de casa, espero que esta lista vos inpsire também!

1 - Há uns tempos que ando de olho nuns óculos da Ray-Ban. Estava a pensar em algo básico, que desse para usar diariamente, e que não cansasse. Algo que fosse menor que os Gucci que são lindos e enormes, algo que fosse mais básico que os Fendi que são mais fancy, algo talvez em tons castanhos, para fugir aos clássicos pretos (até porque pretos já tenho os Gucci). Estava a pensar nos mais do que batidos Original Wayfarer Classic, básicos e intemporais, até que a marca lanço estes State Street. Na verdade são bem semelhantes aos que referi anteriormente, parece quase um redesign dos mesmos, e eu estou a amar. Aqui não tenho dúvidas na cor, os castanhos (brown tortoise) são lindos e maravilhosos. Quero muito experimenta-los!

2 - Já é primavera. Já ouviram este slogan algures, estou certa, mas é o que mais me ocorre quando penso em certas peças muito usadas na estação. Os lenços acetinados são perfeitos para estes dias meio esquizofrénicos. Tanto está sol e muito calor, como de repente fica frio como no outono. Há dias assim. E nada melhor do que nos protegermos deles em bom. Tenho um lenço assim, estampado, bem colorido, que quero usar muito nestes dias que se seguem, com combinações básicas de t-shirt, jeans e blazer, e a deixar brilhar o lenço. A deixar que seja ele a estrela da companhia. Digam-me que são fãs também! Eu acho lindo e bem elegante.

3 - Não sei se são como eu mas há combinações de cores que me fazem alguma confusão. A nível dos metais às vezes acho giro misturar dourado e prateado, rose gold e afins, mas outras vezes acho uma grande confusão. Mas uso. Tenho anéis prateados (a maioria), alguns dourados, que uso em conjunto com os prateados, e o relógio que tenho usado mais vezes é rose gold. Na decoração cá de casa estava a fazer-me confusão misturar prateado e dourado. O primeiro mais frio, o segundo mais quente, mas a verdade é que se equilibram. Fiquei convencida disso quando uma decoradora esteve cá e me disse "são tudo metais, combinam sempre", e é verdade. E como tal arrumei aí o meu preconceito de que não se misturam tons de metais. Agora quero até comprar estes brincos que são lindos e nos dois tons, e que seriam o perfeitos para combinar com os anéis de ambos os tons que já uso constantemente.

4 - Yves Saint Laurent Libre Eau de parfum é a mais recente fragrância feminina lançada pela marca. Estou já farta de ver a linda e maravilhosa da Dua Lipa nos anúncios na TV, assim como toda a publicidade que têm feito a este perfume nas redes sociais, ainda assim, na última passagem no shopping olhei para o frasco, que é lindo, na prateleira de uma loja e atirei um "Eh, até quero ver se isto cheira bem como falam...". Não sei se vocês são como eu, mas detesto que me imponham o que quer que seja, quando a "imposição" vem por meio da publicidade então... ui, reviro logo os olhos. Convenhamos, ninguém gosta de ver os anúncios publicitários na tv (e abençoada box que nos permite ver programas antigos e passar à frente os 15 minutos secantes da publicidade a meio da novela), no YouTube então só temos de aguentar uns segundos, e ninguém dá like em posts patrocinados no instagram. Eu pelo menos não dou. Sabem aquela sensação do "Eu é que sei, eu é que decido as minhas escolhas.", sou consciente que nem sempre é assim e que somos muitas vezes manipulados inconscientemente, mas quando a publicidade é notória então eu esquivo-me sempre. Pronto, retomando ao perfume, lá borrifei um pouco do tester na minha mão e cheirei. "Nheeec, é muito foleiro, cheira lá isto!", disse eu para a minha irmã. Tonta, nem deixei secar o perfume, porque depois de seco a conversa foi outra, "Olha, cheira lá agora, afinal isto é bom!". Pois é, este não é um daqueles casos de publicidade enganosa, podem acreditar em mim. É um Eau de Parfum floral que se desenvolve em redor de dois contrastes, a masculinidade da lavanda e a sensualidade feminina da flor de laranjeira. Há quem diga que a fixação é fraca para um EDP mas achei razoável até.

5 - Será que é desta que temos casamentos e festas finalmente? Será que vamos finalmente conseguir equilibrar a média entre fins de semana in and out? Eu tinha um casamento no ano passado que ficou adiado para este. Não estou a planear gastar dinheiro além da prenda que vou oferecer, mas depois olho para estes sapatos e repenso todos os meus muito conscientes e controlados impulsos consumistas. Preciso de sapatos novos para juntar a qualquer um dos vestidos que tenho em mente usar nesse dia? Não, não preciso, já tenho sapatos que sirvam para aquele fim, mas todos sabemos que depois de tempos de guerra queremos brilho, cor e ostentação. Não sou eu que o digo, é histórico. Não é à toa que se intitularam os anos depois da primeira guerra mundial como os "loucos anos 20". Foi no século passado, certo, mas neste século agora, e por coincidência também na década dos 20, acho que vamos ser bem loucos e querer extravasar tudo aquilo que não nos foi permitido. Talvez me permita então a esta loucura, acho os sapatos lindos, vibes Manolo, adoro.



Here we go again! We have a list of the month, and I'm drooling over everything. Now that we are able to leave the house again, I hope this list inspires you too!

1 - I've been watching Ray-Ban sunglasses for a while. I was thinking of something basic, that you could use on a daily basis, and that you wouldn't get tired of. Something that is smaller than my Gucci ones that are beautiful and huge, something that is more basic than the Fendi ones that are more fancy, something maybe in brown tones, to escape the black classics (even because blacks I already have the Gucci ones). I was thinking about the Original Wayfarer Classic sunglasses, basic and timeless, until the brand launched these State Street. In fact they are very similar to the ones I mentioned earlier, it almost looks like a redesign of them, and I'm loving it. Here I have no doubt about the color, the browns (brown tortoise) are beautiful and wonderful. I really want to try them!

2 - It's spring already. You have heard this slogan somewhere, I'm sure, but it's what most occurs to me when I think of certain pieces used in the season. Satin scarves are perfect for these schizophrenic days. It is both sunny and very hot, as it is suddenly cold as in autumn. There are days like that. And nothing better than protecting ourselves from them in good pieces. I have a scarf like this, printed, very colorful, that I want to use with very basic looks this days, with basic T-shirt, jeans and blazer, and to let the scarf shine. Letting him be the star of the company. Tell me you are fans too! I think it's beautiful and very elegant.

3 - I don't know if you are like me but there are color combinations that make me confused. In terms of metals, sometimes I find it nice to mix gold and silver, rose gold and so on, but other times I find it a big mess. But I use it. I have silver rings (most of them), some gold ones, which I use in conjunction with the silver ones, and the watch I have worn most often is rose gold. In the decoration here at home, it was making me confused to mix silver and gold. The first is colder, the second is hotter, but the truth is that they balance. I was convinced of this when a decorator was here and told me "they are all metals, they always go well together", and it's true. And as such, I settled my prejudice that metal tones are not mixed. Now I even want to buy these earrings that are beautiful and in two shades, and that would be the perfect match with the rings of both shades that I already wear constantly.

4 - Yves Saint Laurent Libre Eau de parfum is the latest female fragrance launched by the brand. I'm tired of seeing the beautiful and wonderful Dua Lipa in the TV ads, as well as all the advertising that they have done for this perfume on social networks, yet, on the last stop at the mall I looked at the bottle, which is beautiful, in the a store shelf and I threw a "Hey, I even want to see if this smells as they say...". I don't know if you are like me, but I hate when someone impose anything on me, when the "imposition" comes through advertising then... uh, I roll my eyes right away. Let's face it, nobody likes to see the commercials on TV (and blessed box that allows us to watch old programs and skip 15 minutes of advertising in the middle of the soap opera), on YouTube so we just have to hold on for a few seconds, and nobody gives like on sponsored posts on instagram. I, at least, don't. You know that feeling of "I know, I decide my choices.", I 'm aware that this is not always the case and that we are often manipulated unconsciously, but when advertising is notorious then I always shy away. Ready, returning to the perfume, there I sprayed a little bit of the tester in my hand and smelled it. "Nheeec, it's very bad, smell this!", I said to my sister. Dizzy, I didn't even let the perfume dry, because after it was dry the conversation was different, "Look, smell there now, after all this is good!". Yes, this isn't one of those cases of misleading advertising, believe me. It's a floral Eau de Parfum that develops around two contrasts, the masculinity of lavender and the feminine sensuality of the orange blossom. Some say that the fixation is weak for an EDP but I thought it was reasonable.

5 - Is it that we finally have weddings and parties? Will we finally be able to balance the average between weekends in and out? I had a wedding last year that was postponed to this one. I 'm not planning to spend money beyond the gift I'm going to offer, but then I look at these shoes and rethink all my very conscious and controlled consumer impulses. Do I need new shoes to add to any of the dresses I have in mind to wear that day? No, I don't need to, I already have shoes that can be used for that purpose, but we all know that after times of war, we want brightness, color and ostentation. I'm not the one who says it, it's historical. It's not for nothing that the years after the first world war were called "the crazy 20s". It was in the last century, right, but in this century now, and coincidentally also in the 20s, I think we are going to be crazy and want to spill everything that we were not allowed. Maybe I'll allow myself to this madness, I think the shoes are beautiful, vibes Manolo, I love it.

18.4.21

Questions





Full of questions. É assim que estou ultimamente. Todas estas quebras na rotina e paragens a que o confinamento nos obrigou servem para muitas coisas, entre elas ter tempo para pensar. Não sei se já se deram conta disso, mas vivemos tão embrenhados nas nossas rotinas que acabamos a entrar em piloto automático e siga, todos os dias são iguais, otimizados, mas já sem pensar muito. Quando damos por ela já é sexta, fim de semana, mas não tarda começa uma nova semana, um novo mês, um novo ano!
Tenho para mim que todas as situações menos boas nunca são totalmente más. Há sempre algo positivo a reter. E esta pandemia não é, de jeito nenhum, a exceção que vem confirmar a regra. Isto trouxe-nos tantas coisas boas! Podia detalhar aqui, mas para mim está maravilhoso o facto de termos agora como garantido o distanciamento em filas de espera, o fim dos beijos e apertos de mão em meio empresarial, o facto da maioria ter finalmente entendido a necessidade da etiqueta respiratória, o facto de desinfetamos os equipamentos de treino no fim de os usarmos na box ou ginásio... e podia continuar!! Mas como comecei por dizer, além de termos agora novas e melhores rotinas, que espero que se mantenham, tivemos mais tempo para pensar o que realmente queremos desta rica vida. Estava ontem a comentar com o meu namorado que adorava conseguir fazer um ano sem compras. Consumimos hoje de forma tão desenfreada e irrefletida, há tanta oferta hoje em dia, coleções novas todas as semanas, e o marketing apanha-nos de uma maneira quase traiçoeira, que nos faz querer tudo e mais alguma coisa. Ele e todas as influencers que amamos seguir e nos atropelam com dezenas de peças novas todos os dias. Queremos ter a peça X e Y, só porque sim, só porque é bonita, porque a influencer tem muita pinta e queremos ser igual, porque a foto da campanha está maravilhosa e adoramos o styling, porque nos encheu o olho e pronto. Mas será que precisamos mesmo? Será que vamos dar-lhe o uso devido? Será que já não temos igual ou parecido em casa? E os materiais? São decentes e duráveis? Vale o dinheiro que vamos gastar? É nisto que tenho pensado quando vejo roupa bonita que quero, mas que tantas vezes não preciso. Hoje já compro menos do que há 10 anos, não compro nada sem ler a composição do artigo, e cada vez questiono mais. E isto para vos dizer que estou ansiosa que as lojas do shopping abram de novo. Não estive aqui a escrever tudo isto para amanhã ir já a correr abastecer-me de tendências, pelo contrário. Tenho aqui coisas que comprei porque amei, mas não vou usar tanto como seria suposto. Vou devolver tudo isso. E lembrar de ir ao armário mais vezes e sacar das peças antigas que tenho, que continuam em excelente estado, e conseguir novas conjugações, como a deste look, com peças de outras estações, algumas já com 4 e 5 anos, que nunca tinha juntado antes, e que ficaram maravilhosas assim!!

Full of questions. This is how I'm lately. All these breaks and stops in the routine that the confinement forced us served for many things, among them having time to think. I don't know if you have already realized this, but we live so deeply in our routines that we end up going on autopilot and go on, every day is the same, optimized, but without thinking too much. When we find out it's already friday, weekend, but soon a new week, a new month, a new year begins!
I have to me that all the less good situations are never totally bad. There is always something positive to retain. And this pandemic isn't the exception that confirms the rule. This has brought us so many good things! I could go into detail here, but it's wonderful for me that we now have a guarantee of distance in queues, the end of kisses and handshakes in business enviroment, the fact that the majority finally understood the need for respiratory etiquette, the fact we disinfected the training equipment after use it in the box or gym... and it could go on!! But as I started saying, in addition to now having new and better routines, which I hope will continue, we had more time to think about what we really want from this rich life. Yesterday I was talking to my boyfriend that I would love to be able to do a year without shopping. We consume today so wildly and thoughtlessly, there is so much on offer nowadays, new collections every week, and marketing catches us in an almost treacherous way that makes us want anything and everything. It and all the influencers we love to follow and run over us with dozens of new pieces every day. We want to have the piece X and Y, just because yes, just because it's beautiful, because the influencer has a lot of style and we want to look the same, because the campaign photo is wonderful and we love the styling, because it filled our eyes and that's it. But do we really need it? Will we give it the proper use? Do we no longer have the same or similar at home? And the materials? Are they decent and durable? Is it worth the money we are going to spend? This is what I have been thinking about when I see beautiful clothes that I want, but that so often I don’t need. Today I buy less than 10 years ago, I don't buy anything without reading the composition of the article, and I question more and more. And this is to tell you that I am looking forward to the stores in the mall opening again. I wasn't here writing all this so that tomorrow I would start running to supply myself with trends, on the contrary. I have things I bought because I loved them, but I'm not going to use them as much as I was supposed to. I will return all of this. And remember to go to the closet more often and get the old pieces that I have, which are still in excellent condition, and get new combinations, like this look, with pieces from other seasons, some with 4 and 5 years old, that I had never put together before, and they look wonderful together!!







camisa.shirt NA-KD | blazer Mango | jeans Pull & Bear | brincos.earrings Parfois | anéis.rings Pandora | anel com nó.knot ring Pura Filigrana | botas.boots Stradivarius | mala.bag Bimba Y Lola | óculos de sol.sunglasses Gucci by Ergovisão

6.4.21

Lista do mês #7


Jarra de flores, capacete btt, chocolates daim, headphontes, moschino toy 2 bubble gum



1. jarra Warsow.Warsow jar Area | 2. chocolates daim mini.mini daim chocolates IKEA | 3. capacete de bicicleta.bike helmet Decathlon | 4. auscultadores.headphones SONY | 5. perfume.parfum Moschino


Mais um mês, mais uma lista. Não me recordo de outra tão aleatória antes. Temos coisas de desporto, de lazer, de beleza, de decoração, e de degustação, se é que me entendem ahahah.

1 - Faz tempo que quero arranjar uma jarra botina para ter com flores na sala. Não precisa ser colorida nem nada que se pareça, porque já tenho outros elementos decorativos com cor e aos quais não quero tirar protagonismo. Vi esta há uns dias na net e fiquei logo de olho. Acho interessante o facto de ser larga e, principalmente, transparente. Li algures que os objetos em vidro, apesar de transmitirem uma sensação mais fria, são excelentes para deixar o espaço "respirar", por não serem opacos e não encherem o espaço por completo, uma vez que nos permitem ver através deles. Fez muito sentido para mim isto, e agora lembro que a mesa de jantar da sala é em vidro também e não podia resultar melhor!! Compro a jarra e fica já a combinar, que acham?

2 - Quem me dá um docinho, dá-me tudo. Sim, confesso, sou lambareira, e se há coisa em que posso considerar-me viciada é em chocolate. Mas controlo bem o meu instinto. Não ataco as tabletes de culinária, se não tiver outros em casa também não como. Nem vou feita louca ao supermercado comprar, e olhem que fica perto... Agora se estiver na Ikea e botar o olho nesta saca, uiii, não sei se saio de lá de mãos a abanar! Não sei se já provaram estes mini chocolates Daim mas são um autêntico vício. São de leite, com caramelo no interior, bem a fazer lembrar aquelas barrinhas que vêm sempre aos pares, mas estes sem bolacha! Adoro adoro adoro!!!! Se tiverem disto para me oferecer nem precisam perguntar, se perguntarem a minha resposta será a mesma de sempre: "Estás a perguntar ao ceguinho se ele quer ver?!".

3 - Está a chegar o bom tempo e com ele vem sempre o desporto ao ar livre. No meu caso, a bicicleta é incontornável. E se é para andar na rua que seja em segurança. Tenho um capacete que uso nas minhas voltas de bicicleta, não é novo, não é lindo, não é fashion, mas ainda serve o seu propósito. Sei bem que os capacetes mais estilizados são todos para percursos citadinos, mas como nem sempre ando no meio da cidade, preciso de um que me sirva em todas as ocasiões. Encontrei este capacete de btt ST 500 da Rockrider, simples, com boa avaliação, e de uma só cor. É ajustável, arejado, com espumas amovíveis, e com muito boa pinta. Sim, com este não pareceria uma tartaruga, como me sinto com o que tenho, que vai continuar  servir o seu propósito até não dar mais. Quando for hora de renovar vou procurar por um igual a este. Se estão à procura de um, pois bem, aqui fica a minha sugestão! E em preto, que assim fica sempre bem com qualquer bicicleta e roupa de treino que escolham.

4 - Preciso de uns auscultadores? Não. Mas isto também não é uma lista de necessidades. Tenho os auscultadores que vieram com o telemóvel, que uso recorrentemente para estar no computador, mas confesso que são um pouco desconfortáveis depois de muitas horas de uso. Entretanto, e com o teletrabalho, tenho usado mais vezes os do meu namorado, que são assim como estes, grandões. Acho-os bem mais confortáveis, com uma qualidade de som substancialmente melhor, apesar de não serem tão estéticos. Mas a Sonny veio resolver isso. Descobri os WH-1000XM4S num dos muitos podcasts que ouço e fiquei maravilhada. São muito bonitos, têm bluethooh, e a melhor parte, noise canceling. Nunca use uns phones com esta característica mas adorei e vou querer experimentar!

5 - Falei-vos há pouco tempo dos Moschino Toy Boy e Toy 2 que temos cá em casa. Contei-vos que os adoro, aos dois, e que sou bem capaz de usar qualquer um deles. Depois estava com o meu namorado a ver tv e apareceu este num anúncio. Não o cheirei ainda, as lojas estão todas fechadas e não sei sequer se já foi lançado porque não o encontrei à venda nas lojas do costume. Mas vocês já me conhecem, só pelo frasco já comprava. Entretanto fui pesquisar sobre ele, e ora que me pareceu muito bem. O Toy 2 Bubble Gum é um EDT floral e frutado. Hummmm, mesmo a chamar pela primavera!!! Foi lançado este ano e tem a assinatura de Olivier Pescheux. As notas de topo são fruta cristalizada, laranja amarga e limão, as notas de coração são chiclete, rosa búlgara, mirtilo, pêssego, canela, gengibre e flor de pêssego, e as notas de fundo são ambroxan, almíscar e cedro. Nem preciso dizer-vos que estou ansiosa por experimentar isto no meu pulso pois não?



Another month, another list. I don't remember another one so random before. We have sports, leisure, beauty, decoration, and tasting things, if you know what I mean ahahah.

1 - I have wanted to get a beautiful jar to have flowers in the living room for a long time. It doesn't need to be colorful or anything like that, because I already have other decorative elements with color that I don't want to take away from. I saw this one a few days ago on instagramt and I kept an eye on it. I find it interesting that it's wide and, above all, transparent. I read somewhere that glass objects, although they transmit a colder feeling, are excellent for letting the space "breathe", as they are not opaque and don't completely fill the space, since they allow us to see through them. This made a lot of sense to me, and now I remember that the dining room table is made of glass too and it couldn't be better for the space!! I buy the jar and it is already matching, what do you think?

2 - Whoever gives me a sweetie, gives me everything. Yes, I confess, I'm gluttonous, and if there is one thing I can consider myself addicted to, it's chocolate. But I can control my instinct. I don’t attack the cooking tablets, if I don’t have others at home I don’t eat either. I'm not even going crazy to the supermarket to buy, and look, it's close... Now if I'm at Ikea and put my eye on this bag, well, I don't know if I go out empty-handed! I don't know if you have tried these mini Daim chocolates but they are a real addiction. They are made of milk, with caramel inside, well reminiscent of those bars that always come in pairs, but these without cookies! I love love love!!!! If you have this to offer me, you don't even need to ask, if you ask, my answer will be the same as always: "Are you asking the blind man if he wants to see?!".

3 - Good weather is coming and outdoor sport always comes with it. In my case, the bicycle is unavoidable. And if it's to ride on the street, it must be safe. I have a helmet that I wear on my bike rides, it's not new, it's not beautiful, it's not fashion, but it still serves its purpose. I know that the most stylish helmets are all for city tours, but as I don't always walk in the middle of the city, I need one that suits me at all times. I found this ST 500 btt helmet from Rockrider, simple, with good evaluation, and in one color. It's adjustable, airy, with removable foams, and with very good look. Yes, with this one I didn't look like a turtle, as I feel with the one I have, which will continue to serve its purpose until I don't give anymore. When it's time to renew I will look for one like this. If you are looking for one, well, here is my suggestion! And in black, which will always look good with any bike and training clothes you choose.

4 - Do I need headphones? No. But this is also not a list of needs. I have the headphones that came with the cell phone, which I use repeatedly to be at the computer, but I confess that they are a little uncomfortable after many hours of use. However, and with teleworking, I have used my boyfriend's more often, who are just like these, huge. I find them much more comfortable, with a substantially better sound quality, despite not being so aesthetic. But Sonny came to solve this. I discovered WH-1000XM4S in one of the many podcasts I hear and I was amazed. They are very beautiful, they have bluethooh, and the best part, noise canceling. Never used before phones with this feature but I loved it and I want to try it!

5 - I recently told you about the Moschino Toy Boy and Toy 2 that we have here at home. I told you that I adore them both, and that I am quite capable of using either one. Then I was with my boyfriend watching TV and this one appeared in an ad. I haven't smelled it yet, the stores are all closed and I don't even know if it has already been launched because I didn't find it for sale in the usual stores. But you already know me, just for the bottle I already bought. In the meantime I went to research about it, and now it seemed to me very well. Toy 2 Bubble Gum is a floral and fruity EDT. Hummmm, even calling for spring!!! It was released this year and has the signature of Olivier Pescheux. The top notes are candied fruit, bitter orange and lemon, the middle notes are gum, bulgarian rose, blueberry, peach, cinnamon, ginger and peach blossom, and the base notes are ambroxan, musk and cedar. I don't even need to tell you that I'm looking forward to trying this on my wrist, am I?